SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 issue1O que se diz, o que se escreve: etnografia e trabalho de campo no sertão de Pernambuco author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Antropologia

Print version ISSN 0034-7701

Abstract

EWART, Elizabeth. Fazendo pessoas e fazendo roças entre os Panará do Brasil Central. Rev. Antropol. [online]. 2005, vol.48, n.1, pp.9-35. ISSN 0034-7701.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-77012005000100001.

Neste artigo, o valor panará de disposição e sociabilidade (suakiin) é contrastado com seu oposto, falta de disposição e retraimento social (suangka), para mostrar como a vida codiana panará é constituída. Caracterizadas como condições físicas, sociais e morais, a disponibilidade intersubjetiva ou a falta de vigor são centrais à criação da socialidade cotidiana entre os Panará. O papel dessas relações afetivas é, então, analisado com base na criação dos filhos e no cultivo de roças, processos que, em determinados aspectos, podem ser tidos como relacionados entre si. Em particular, demonstra-se que certas práticas pré e pós-natais têm correspondência com práticas que cercam o plantio, o cultivo e a colheita do amendoim.

Keywords : Panará; socialidade; roças; bebês.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License