SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.48 issue1O que se diz, o que se escreve: etnografia e trabalho de campo no sertão de Pernambuco author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Antropologia

Print version ISSN 0034-7701

Abstract

EWART, Elizabeth. Fazendo pessoas e fazendo roças entre os Panará do Brasil Central. Rev. Antropol. [online]. 2005, vol.48, n.1, pp. 9-35. ISSN 0034-7701.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-77012005000100001.

Neste artigo, o valor panará de disposição e sociabilidade (suakiin) é contrastado com seu oposto, falta de disposição e retraimento social (suangka), para mostrar como a vida codiana panará é constituída. Caracterizadas como condições físicas, sociais e morais, a disponibilidade intersubjetiva ou a falta de vigor são centrais à criação da socialidade cotidiana entre os Panará. O papel dessas relações afetivas é, então, analisado com base na criação dos filhos e no cultivo de roças, processos que, em determinados aspectos, podem ser tidos como relacionados entre si. Em particular, demonstra-se que certas práticas pré e pós-natais têm correspondência com práticas que cercam o plantio, o cultivo e a colheita do amendoim.

Keywords : Panará; socialidade; roças; bebês.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese