SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 issue2Mortality in women of reproductive age in S. Paulo city (Brazil), 1986: I - Description of the project and general resultsThe occurrence of abortion in hospital patients of the urban centers of S.Paulo State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

GONZALEZ PEREZ, Guillermo; SILVA AYZAGUER, Luiz Carlos; LOPEZ CORDERO, Rosa  and  IRAOLA MARTINEZ, Rosario. Fatores sócio-econômicos associados à mortalidade pós-neonatal em Cuba. Rev. Saúde Pública [online]. 1990, vol.24, n.2, pp. 134-143. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101990000200009.

Foram identificados os fatores sócio-econômicos que podem ser considerados de risco para a mortalidade pós-neonatal e mortalidade exógena, e seu impacto social em Cuba, em 1982. Realizou-se estudo caso-controle baseado numa amostra nacional dos óbitos menores de um ano, e dos sobreviventes da mesma idade. Os dados foram analisados com o emprego da técnica de regressão logística, para calcular o risco relativo, o risco atribuível e a probabilidade de morte na presença desses fatores. Os resultados indicaram que a falta de instalações sanitárias no domicílio e o excesso de pessoas em cada moradia (3 pessoas e mais por habitação) são os mais fortes fatores de risco tanto para a morte pós-neonatal como por causa exógena. Foi confirmada a importância da redução da mortalidade pós-neonatal e exógena para a diminuição da taxa de mortalidade infantil em Cuba.

Keywords : Mortalidade infantil; Fatores sócio-econômicos; Fatores de risco.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · pdf in Spanish