SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.25 issue5Relationship between the pathogenicity of Schistosoma mansoni in mice and the susceptibility of the vector mollusc: I. Cercariae infectivity and worm burdenBovine botulism: laboratorial confirmation of clinical diagnosis during the period 1986-1989 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910On-line version ISSN 1518-8787

Abstract

ANDRADE, Carlos Fernando S. de  and  CASTELLO BRANCO JR., Armando. Susceptibilidade de populações de Simulium (Chirostilbia) pertinax Kollar, 1832 (Culicomorpha, Simuliidae) ao temephos e a um formulado à base de Bacillus thuringiensis var. israelensis. Rev. Saúde Pública [online]. 1991, vol.25, n.5, pp.367-370. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101991000500007.

O uso de pequenas calhas de madeira no leito de riachos, manualmente colonizadas com borrachudos, é proposto para avaliações da eficiência de larvicidas 3 ou 4 horas após as aplicações. A susceptibilidade larval também foi avaliada pelo critério de TL50. Em três ensaios no litoral do Estado de São Paulo e Rio de Janeiro, populações de Simulium (C.) pertinax Kollar, 1832 mostraram-se resistentes ao temephos, mesmo em altas concentrações. Vectobac 12 AS, à base de Bacillus thuringiensis var. israelensis mostrou-se mais potente contra larvas dos últimos estádios e eficiente para controle em concentrações a partir de 7.200 UIP/1 (10 min.). O TL50para 3.744 UIP/1 (10 min.) foi de 70,9 minutos.

Keywords : Controle de mosquitos; Simuliidae; Bacillus thuringiensis [patogenicidade]; Cianamida [toxicidade].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License