SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue1Influence of migration on prevalence of serological hepatitis B markers in a rural community: 2 - Comparative analysis of some characteristics of the population studiedFactors associated with pre-natal care among low income women, State of S.Paulo, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

DUNCAN, Bruce B. et al. Fatores de risco para doenças não-transmissíveis em área metropolitana na região sul do Brasil: prevalência e simultaneidade. Rev. Saúde Pública [online]. 1993, vol.27, n.1, pp. 43-48. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101993000100007.

Três quartos da mortalidade no Estado do Rio Grande do Sul (Brasil) ocorrem por doenças não-transmissíveis. Dentre elas as doenças cardiovasculares, por si só, correspondem a 35% das causas de morte. Para avaliar a prevalência de fatores de risco para essas doenças, foi realizado inquérito domiciliar no período de 1986/87. Foram entrevistados 1.157 indivíduos entre 15-64 anos, residentes em setores censitários de 4 áreas docente-assistenciais do Município de Porto Alegre, RS. A prevalência padronizada de tabagismo foi de 40%, hipertensão 14%, obesidade 18%, sedentarismo geral 47% e consumo excessivo de álcool, 7%. Trinta e nove por cento da amostra acumulavam dois ou mais desses cinco fatores de risco, somente 22% de homens e 21% de mulheres não apresentaram esses fatores de risco. As elevadas freqüências e concomitâncias desses fatores de risco alertam para sua importância em programas que visam a prevenção das doenças não-transmissíveis.

Keywords : Hipertensão [epidemiologia]; Fumo [epidemiologia]; Obesidade [epidemiologia]; Exercício; Alcoolismo [epidemiologia].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese