SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.28 issue5Human and animal dermatomycosis: outbreaks of Microsporum canis and Microsporum gypseumThe evaluation of the hygienic and sanitary quality of water from private shallow wells situated in an urban area of south-eastern Brazil: a comparison between the use of coliphages and bacterian indicators of fecal pollution author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

ALMEIDA, Marilene F.; AGUIAR, Elizabeth A. C.; MARTORELLI, Luzia F. A.  and  SILVA, Miriam M. S.. Diagnóstico laboratorial de raiva em quirópteros realizado em área metropolitana na região sudeste do Brasil. Rev. Saúde Pública [online]. 1994, vol.28, n.5, pp. 341-344. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89101994000500006.

No período de janeiro de 1988 adezembro de 1992, foi realizado diagnóstico de raiva em 289 morcegos através das técnicas de imunofluorescência direta e de inoculação intracerebral em camundongos. Dois morcegos insetívoros da espécie Nyctinomops macrotis se apresentaram positivos, representando 0,69% da amostra. Esses morcegos foram capturados, ainda vivos, em 1988 e 1990, na sala de um apartamento no sétimo andar e no muro de uma casa, respectivamente. Ambos em bairros residenciais. Apresentaram período de incubação de 13 e 11 dias, respectivamente, na prova biológica. A existência de morcegos insetívoros infectados com o vírus da raiva é preocupante, uma vez que essa população parece ser cada vez mais freqüente em áreas urbanas, porém isto não justifica ações predatórias indiscriminadas contra as espécies, principalmente levando-se em consideração a importância do morcego no equilíbrio ecológico da população de insetos, abundante em área urbana.

Keywords : Quirópteros [microbiologia]; Vírus da raiva [isolamento]; Raiva [diagnóstico].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese