SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue4Evaluation of a program to reduce back pain in nursing personnelExhumations procedures for investigating the genetic link in bones author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

ANDREONI, Gisela I et al. Incidência de câncer em dezoito cidades do Estado de São Paulo. Rev. Saúde Pública [online]. 2001, vol.35, n.4, pp. 362-367. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102001000400005.

OBJETIVO: Os registros populacionais de câncer no Brasil são invariavelmente baseados em cidades grandes. Não existem registros de câncer em que a abrangência inclua Estados ou regiões e em que os achados possam refletir mais fielmente a incidência da doença no interior do País. Com base nessa percepção, foi realizado estudo sobre a incidência de câncer em 18 cidades do interior do Estado de São Paulo, visando a dimensionar a importância da doença nessa região brasileira. MÉTODOS: Das 18 cidades do interior do Estado de São Paulo incluídas no estudo, duas não eram sede de região administrativa, e todas contavam com recursos para diagnóstico e tratamento de câncer. O ano escolhido para ser pesquisado foi 1991. A coleta de dados foi realizada por equipes do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, especialmente treinadas pelo pessoal técnico da Fundação Oncocentro de São Paulo; nesta última, as informações foram processadas e analisadas. Os procedimentos adotados para a coleta e análise dos dados seguiram as recomendações da International Agency for Research on Cancer . RESULTADOS: Apesar das discrepâncias observadas nas taxas de incidência de câncer entre as cidades componentes do estudo, os resultados obtidos no conjunto das 18 cidades mostraram-se próximos aos apurados pelo registro populacional de câncer do Município de São Paulo em 1993. Ressaltaram-se as altas taxas de incidência de várias formas de câncer tanto no sexo feminino quanto masculino, na cidade de Santos. CONCLUSÕES: A similitude das taxas de incidência de câncer (todas as localizações combinadas) entre o Município de São Paulo em 1993 e o conjunto das 18 cidades pesquisadas neste estudo parece sugerir a existência de fatores genéticos e ambientais em comum, influindo na gênese da doença nessas populações; no entanto, outras razões podem igualmente ser aventadas, como a inclusão de casos prevalentes e de não-residentes em ambos os estudos. As altas taxas de incidência registradas para quase todas as formas de câncer em Santos necessitam ser confirmadas em novos estudos.

Keywords : Neoplasias [epidemiologia]; Morbidade; Levantamentos epidemiológicos; Incidência; Registros de doenças; Brasil [epidemiologia]; Registros de câncer com base populacional.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English