SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 issue6Pesticide use reporting in a rural area of Rio de Janeiro state, BrazilFluoride intake by children from water and dentifrice author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910On-line version ISSN 1518-8787

Abstract

LOFFREDO, Leonor de Castro Monteiro; FREITAS, José Alberto de Souza  and  GRIGOLLI, Ana A Gomes. Prevalência de fissuras orais de 1975 a 1994. Rev. Saúde Pública [online]. 2001, vol.35, n.6, pp.571-575. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102001000600011.

OBJETIVO: Estimar a prevalência de fissuras orais no Brasil, segundo etiologia e região geográfica. MÉTODOS: Foram levantados os registros de casos de fissura oral entre recém-nascidos no período de 1975 a 1994. As fontes de dados foram o Hospital de Reabilitação de Anomalias Craniofaciais da Universidade de São Paulo, o Ministério da Saúde ¾ Departamento de Informática do Sistema Único de Saúde (Datasus) e a Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. RESULTADOS/CONCLUSÕES: Foram encontrados 16.853 casos novos de fissura oral, estimando-se a prevalência de 0,19 por mil nascidos vivos, com tendência ascendente para os qüinqüênios do período. As regiões Centro-Oeste, Sudeste e Sul apresentaram as maiores taxas. A fissura labial ou lábio-palatina foi mais freqüente (74%) do que a fissura palatina isolada (26%).

Keywords : Lábio fissurado [epidemiologia]; Fissura palatina [epidemiologia]; Prevalência; Fissura lábio-palatina [epidemiologia]; Fissuras orais [epidemiologia].

        · abstract in English     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License