SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue5Health promotion evaluation: focus on "healthy cities" author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

CARVALHO, Daniela CL et al. Tratamentos não farmacológicos na estimulação da osteogênese. Rev. Saúde Pública [online]. 2002, vol.36, n.5, pp. 647-654. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102002000600017.

A carga mecânica provoca microdeformações ósseas, que estimulam células osteoblásticas e, conseqüentemente, promovem adaptações nos ossos, muitas vezes relacionadas com uma menor reabsorção óssea e um aumento na formação óssea local. No entanto, o estímulo para formação óssea depende do número e freqüência das deformações aplicadas no osso. Concomitantemente aos estímulos ósseos providos pelas cargas mecânicas, é importante uma dieta rica em cálcio, a qual também beneficia o aumento da massa óssea. Entretanto, existem também outros métodos não farmacológicos, como o ultra-som pulsado de baixa intensidade, a estimulação elétrica e o laser, que já mostraram efeitos positivos na promoção da osteogênese. Assim, realizou-se um levantamento na literatura, no período de 1982 a 2001, sobre esses métodos não farmacológicos com o objetivo de avaliar tais métodos alternativos, que ajudam no aumento da massa óssea ou no estímulo à osteogênese.

Keywords : Osteogênese; Exercício; Cálcio na dieta; Nutrição; Estimulação elétrica; Terapia por ultra-som; Lasers.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese