SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 issue2Prevalence of sedentarism and its associated factors among urban adolescentsExclusive breastfeeding among working women with free daycare available at workplace author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

ALVES, Márcia Guimarães de Mello et al. Versão resumida da "job stress scale": adaptação para o português. Rev. Saúde Pública [online]. 2004, vol.38, n.2, pp. 164-171. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102004000200003.

OBJETIVO: Descrever o processo de adaptação, para o português, da versão resumida da "job stress scale", originalmente elaborada em inglês. MÉTODOS: Foram avaliados seis aspectos de equivalência entre a escala original e a versão para o português: as equivalências conceitual, semântica, operacional, de itens, de medidas e funcional. Tomou-se por base um estudo de confiabilidade teste-reteste com 94 indivíduos selecionados. RESULTADOS: O estudo de confiabilidade teste-reteste entre 94 indivíduos permitiu estimativas de reprodutibilidade (coeficientes de correlação intraclasse) para as dimensões de "demanda", "controle" e "apoio social" da escala de 0,88, 0,87 e 0,85, respectivamente. Para as mesmas dimensões, as estimativas de consistência interna (alpha de Cronbach) foram, respectivamente, 0,79, 0,67 e 0,85. CONCLUSÕES: Os resultados sugerem que o processo de adaptação da escala foi bem sucedido, indicando que seu uso no contexto sociocultural da população de estudo (Estudo Pró-Saúde) é apropriado.

Keywords : Estresse; Trabalho; Reprodutibilidade de resultados.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese