SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número3Representações sociais sobre relações entre vasos de plantas e o vetor da dengueIniciativa Hospital Amigo da Criança e aleitamento materno em unidade de neonatologia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0034-8910

Resumo

RIBEIRO, Patrícia de Jesus et al. Programa educativo em esquistossomose: modelo de abordagem metodológica. Rev. Saúde Pública [online]. 2004, vol.38, n.3, pp. 415-421. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102004000300012.

OBJETIVO: A falta de conhecimento é um dos fatores relacionados à persistência de doenças infecciosas no Brasil. O presente estudo tem como objetivo desenvolver, implementar e avaliar um programa educativo de baixo custo, usando como modelo portadores de esquistossomose. MÉTODOS: Estudo descritivo desenvolvido com população constituída por pessoas saudáveis (grupo 1) e esquistossomóticos (grupos 2 e 3), com 20 indivíduos em cada grupo. Foi elaborado material didático (manual ilustrado e álbum seriado) e um questionário de 17 questões para avaliar o conhecimento nos grupos. Nos grupos 1 e 2, o questionário foi aplicado antes e no grupo 3, depois do programa educativo. As variáveis estudadas foram: programa educativo, nível de escolaridade, idade, forma clínica da esquistossomose e sintomatologia e o desempenho dos indivíduos na resposta ao questionário. Para a análise estatística foram utilizados o teste exato de Fisher e análise de variância com um fator fixo. RESULTADOS: O programa educativo foi avaliado em quatro tópicos: ciclo, clínica, tratamento e prevenção da doença. Verificou-se que o grupo 3 apresentou mediana de respostas certas superior aos grupos 1 e 2 em todos os tópicos abordados. O grupo 2 apresentou mediana de respostas certas superior ao grupo 1 em todos os tópicos, exceto em relação ao tópico prevenção. CONCLUSÕES: O processo educativo aplicado foi eficiente, melhorou o conhecimento sobre a doença, podendo constituir-se num modelo de atuação efetiva e de baixo custo que também pode ser aplicado no combate a outras endemias.

Palavras-chave : Educação em saúde; Esquistossomose; Assistência ambulatorial; Enfermagem em saúde comunitária; Conhecimentos, atitudes e prática; Questionários.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês