SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.39 issue1Trends of homicide death in Brazil in the 90s: the role of firearmsImpact of influenza vaccination on mortality by respiratory diseases among Brazilian elderly persons author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

CALDEIRA, Antônio Prates; FRANCA, Elisabeth; PERPETUO, Ignez Helena Oliva  and  GOULART, Eugênio Marcos Andrade. Evolução da mortalidade infantil por causas evitáveis, Belo Horizonte, 1984-1998. Rev. Saúde Pública [online]. 2005, vol.39, n.1, pp. 67-74. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102005000100009.

OBJETIVO: Analisar a evolução da mortalidade infantil em região urbana com enfoque para o grupamento de causas evitáveis no período neonatal e pós-neonatal. MÉTODOS: O número de óbitos ocorridos na região metropolitana de Belo Horizonte, MG, foi obtido do Sistema de Informações em Mortalidade do Ministério da Saúde (SIM-MS) e o número de nascidos vivos foi estimado a partir das estatísticas do registro civil da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com correção dos registros atrasados de nascimentos. Utilizou-se modelo de regressão linear simples para estimar a tendência temporal das taxas de mortalidade infantil e seus componentes. A significância estatística da inclinação das curvas de regressão foi considerada para o nível p<0,05. RESULTADOS: Foi observado decréscimo da taxa de mortalidade infantil de 48,5 para 22,1 por mil nascidos vivos em toda a região. Entretanto, a queda mais acentuada foi observada nos últimos quatro anos da série. O componente pós-neonatal foi o principal responsável pelo declínio tanto na capital como nos demais municípios que compõem a região metropolitana de Belo Horizonte. CONCLUSÕES: Embora tenha sido observada para a região uma queda significativa da mortalidade infantil e particularmente da mortalidade pós-neonatal, esta última ainda se apresenta elevada em relação aos países desenvolvidos. As afecções perinatais e o grupamento diarréia-pneumonia-desnutrição representam importante potencial de redução. Discute-se o papel dos serviços de saúde na evitabilidade de tais óbitos.

Keywords : Mortalidade infantil; Mortalidade pós-neonatal; Atestados de óbito; Registros médicos; Sistemas de informação; Coeficiente de mortalidade.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · pdf in English | Portuguese