SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 número6Qualidade de vida de cirurgiões-dentistas que atuam em um serviço públicoPrevalência e fatores de risco para transtornos mentais comuns entre estudantes de medicina índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0034-8910

Resumo

LARANJO, Thais Helena Mourão  e  SOARES, Cássia Baldini. Moradia universitária: processos de socialização e consumo de drogas. Rev. Saúde Pública [online]. 2006, vol.40, n.6, pp. 1027-1034. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102006000700010.

OBJETIVO: Conhecer e analisar o discurso dos moradores de um conjunto residencial estudantil universitário sobre os processos de socialização e consumo de drogas. MÉTODOS: Pesquisa qualitativa, realizada com 20 alunos de graduação residentes em moradia estudantil universitária em São Paulo, SP, 2003. Tomou-se a moradia como um espaço de socialização juvenil que viabiliza a presença de estudantes de baixa renda, na universidade. As entrevistas abordaram o conhecimento dos alunos sobre a história da moradia, a experiência de viver em uma moradia estudantil e a percepção dos moradores sobre o consumo de drogas. O procedimento metodológico que serviu de base para a coleta, organização e análise das entrevistas foi o discurso do sujeito coletivo. RESULTADOS: Os resultados mostraram que: os estudantes têm pouco conhecimento sobre a história da moradia; as alternativas para os problemas que enfrentam na moradia têm sido buscadas individualmente; observou-se entre os moradores as duas principais concepções de prevenção ao consumo de drogas - guerra às drogas e redução de danos. Observou-se haver uma visão negativa sobre a moradia estudantil relacionada com a constante divulgação de fatos conturbados e com o desconhecimento sobre a importância da moradia para viabilizar a permanência de estudantes pobres na universidade. CONCLUSÕES: Na opinião de seus moradores, a moradia estudantil viabiliza o acesso a universidade, apesar de dificuldades na convivência coletiva e na administração da universidade. Em relação ao uso de drogas na moradia, parte dos moradores ressalta a necessidade de menor tolerância ao consumo de drogas e outra parte destaca a importância de trabalho educativo, principalmente com os ingressantes.

Palavras-chave : Comportamento social; Estudantes; Habitação social; Drogas ilícitas; Conhecimentos [atitudes e práticas em saúde]; Entrevistas; Pesquisa qualitativa.

        · resumo em Inglês     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês