SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número1Peso ao nascer e síndrome metabólica em adultos: meta-análise índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0034-8910versão On-line ISSN 1518-8787

Resumo

BARROS, Aluísio J D et al. Mortalidade neonatal: descrição e efeito do hospital de nascimento após ajuste de risco. Rev. Saúde Pública [online]. 2008, vol.42, n.1, pp.1-9.  Epub 08-Jan-2008. ISSN 0034-8910.  https://doi.org/10.1590/S0034-89102008000100001.

OBJETIVO: Avaliar o efeito de hospital de nascimento na ocorrência de mortalidade neonatal. MÉTODOS: Uma coorte de nascimentos foi iniciada em Pelotas, em 2004. Todos os nascimentos hospitalares foram estudados em visitas diárias às maternidades da cidade, incluindo-se 4.558 recém-nascidos. As mães foram entrevistadas sobre fatores de risco em potencial e as mortes, monitoradas com visitas regulares aos hospitais, cemitérios e cartórios. Dois pediatras classificaram a causa básica da morte, de forma independente, a partir de informações obtidas no prontuário hospitalar e em entrevista com a família. Usou-se regressão logística para estimar o efeito do hospital de nascimento, controlando para variáveis de confusão relacionadas a características maternas e do recém-nascido. RESULTADOS: A taxa de mortalidade neonatal foi de 12,7‰. O risco esteve fortemente influenciado pelo peso ao nascer, idade gestacional e variáveis socioeconômicas. Imaturidade foi responsável por 65% das mortes neonatais, seguida por anomalias congênitas, infecções e asfixia intraparto. Ajustando para características maternas, foi observado um risco relativo igual a três para hospitais de mesmo nível de complexidade. O risco relativo diminuiu, mas persistiu, após controle para características do recém-nascido. CONCLUSÕES: A mortalidade neonatal variou entre hospitais e foi alta, principalmente relacionada à imaturidade. Para entender a fonte de variação da mortalidade neonatal e reduzir sua ocorrência é necessária uma avaliação aprofundada e comparativas com as práticas de cuidado entre hospitais.

Palavras-chave : Mortalidade neonatal [Saúde Pública]; Serviços hospitalares; Fatores de risco; Estudos de coortes; Brasil.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons