SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.42 número5Risco frente ao HIV/Aids entre mulheres trabalhadoras do sexo que usam crack no sul do BrasilAvaliação da resposta humoral à vacina pneumocócica 7-valente em crianças com Aids índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0034-8910versão On-line ISSN 1518-8787

Resumo

ROZMAN, Mauro Abrahão et al. Infecção por HIV e comportamentos de risco relacionados em coletores de lixo de Santos, Brasil. Rev. Saúde Pública [online]. 2008, vol.42, n.5, pp.838-843.  Epub 31-Jul-2008. ISSN 0034-8910.  https://doi.org/10.1590/S0034-89102008005000042.

OBJETIVO: Estimar a soroprevalência de HIV, Hepatites B e C e sífilis e descrever os comportamentos de risco associados à sua transmissão entre coletores autônomos de lixo. MÉTODOS: Um inquérito soroepidemiológico foi conduzido na cidade de Santos (SP), em 2005. Um total de 315 indivíduos foi incluído no estudo, dos quais 253 submeteram-se a testes sorológicos para HIV, Hepatites B e C e sífilis. A análise estatística consistiu de análises uni e bivariadas (tabulação cruzada e odds ratio) e análise multivariada (por regressão logística), relacionando a infecção por HIV com os fatores de risco estabelecidos e soropositividade. RESULTADOS: As soroprevalências totais foram: HIV, 8,9%; Hepatite B, 34,4%; Hepatite C, 12,4%; e sífilis, 18,4%. A amostra foi caracterizada por predominância de indivíduos do sexo masculino, com baixos níveis econômicos e educacionais e sujeitos a exposição parenteral e sexual ao HIV e outras doenças sexualmente transmissíveis. Os resultados da análise multivariada indicaram que fatores de risco ligados tanto à exposição sexual quanto à parenteral estão significativamente associados ao HIV nesta comunidade. CONCLUSÕES: As soroprevalências encontradas no estudo foram aproximadamente 10 a 12 vezes maiores que a média nacional. Estas comunidades são socialmente marginalizadas e geralmente não reconhecidas pelos programas nacionais como populações de risco potencial.

Palavras-chave : Catadores; HIV; Vírus da Hepatite B; Hepacivirus; Sífilis; Fatores de Risco; Estudos Soroepidemiológicos.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons