SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número3Invalidez por dor nas costas entre segurados da Previdência Social do BrasilUso da Classificação Internacional de Doenças na análise do absenteísmo odontológico índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Revista de Saúde Pública

versão impressa ISSN 0034-8910

Resumo

MARCAL, Cláudia Cossentino Bruck  e  PERES, Marco Aurélio. Alteração vocal auto-referida em professores: prevalência e fatores associados. Rev. Saúde Pública [online]. 2011, vol.45, n.3, pp. 503-511.  Epub 20-Abr-2011. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102011005000025.

OBJETIVO: Estimar a prevalência de alteração vocal auto-referida em professores e identificar fatores associados. MÉTODOS: Estudo transversal com amostra de 393 professores do ensino fundamental de Florianópolis, SC, por meio de questionário autoaplicado em 2009. Foi realizada análise multivariável de regressão de Poisson estimando-se as razões de prevalência e intervalos de 95% de confiança. RESULTADOS: A prevalência de alteração vocal foi de 47,6% (IC95% 42,6;52,5). Após o ajuste, permaneceram associados à maior prevalência de alteração vocal ser do sexo feminino e a presença de rinite/sinusite e faringite. CONCLUSÕES: Foi observada elevada prevalência de alteração vocal auto-referida entre os professores estudados.

Palavras-chave : Distúrbios da Voz; epidemiologia; Docentes; Saúde do Trabalhador; Estudos Transversais.

        · resumo em Inglês | Espanhol     · texto em Português | Inglês     · pdf em Português | Inglês