SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue4Short Assessment of Health Literacy for Portuguese-speaking AdultsAdverse outcome screening in hospitalizations of the Brazilian Unified Health System author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

On-line version ISSN 1518-8787

Abstract

CHIAVEGATTO FILHO, Alexandre Dias Porto; GOTLIEB, Sabina Léa Davidson  and  KAWACHI, Ichiro. Mortalidade segundo causas básicas e desigualdade de renda no Município de São Paulo. Rev. Saúde Pública [online]. 2012, vol.46, n.4, pp.712-718.  Epub June 19, 2012. ISSN 1518-8787.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-89102012005000039.

OBJETIVO: Analisar causas básicas de óbito segundo a teoria de renda relativa. MÉTODOS: Os 96 distritos do Município de São Paulo, SP, foram divididos em dois grupos segundo desigualdade de renda, com base no índice de Gini (alta > 0,25 e baixa <0,25). Foi aplicada a metodologia propensity score matching para controlar por fatores de confusão referentes às diferenças socioeconômicas e demográficas entre os distritos. RESULTADOS: A diferença entre a mortalidade de distritos desiguais e mais igualitários foi estatisticamente significativa para homicídios (8,57 por 10.000 residentes [IC95% 2,60; 14,53]), doença isquêmica do coração (5,47 por 10.000 [IC95% 0,76; 10,17]), aids (3,58 por 10.000 [IC95% 0,58; 6,57]) e doenças respiratórias (3,56 por 10.000 [IC95% 0,18; 6,94]). As dez causas básicas mais frequentes foram responsáveis por 72,3% do total da diferença. A mortalidade infantil também foi estatisticamente maior para distritos mais desiguais (2,80 por 10.000 [IC95% 0,86; 4,74]), assim como mortalidade masculina (27,37 por 10.000 [IC95% 6,19; 48,55]) e feminina (15,07 por 10.000 [IC95% 3,65; 26,48]). CONCLUSÕES: Os resultados encontrados estão de acordo com o esperado pela teoria da renda relativa. A mortalidade por todas as causas básicas analisadas foi maior em distritos mais desiguais depois do uso da metodologia do propensity score matching. Estudos sobre a desigualdade de renda realizados em regiões menores precisam levar em consideração a distribuição heterogênea das características sociais e demográficas.

Keywords : Mortalidade; Causas de Morte; Renda; Desigualdades em Saúde; Iniquidade Social.

        · abstract in English | Spanish     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License