SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.47 issue2Age-period-cohort effect on mortality from cervical cancerBrazilian adaptation of the questionnaire to assess adherence to treatment for arterial hypertension author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910

Abstract

ALVES, Mercia Maria Rodrigues; ALVES, Sandra Valongueiro; ANTUNES, Maria Bernadete de Cerqueira  and  SANTOS, Dirce Luiza Pereira dos. Causas externas e mortalidade materna: proposta de classificação. Rev. Saúde Pública [online]. 2013, vol.47, n.2, pp.283-291. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S0034-8910.2013047003642.

OBJETIVO:

Analisar os óbitos por causas externas e causas mal definidas em mulheres em idade fértil ocorridos na gravidez e no puerpério precoce.

MÉTODOS:

Foram estudados 399 óbitos de mulheres em idade fértil de Recife, PE, de 2004 a 2006. A pesquisa utilizou o método Reproductive Age Mortality Survey e um conjunto de instrumentos de investigação padronizados. Foram usados como fontes de dados laudos do Instituto Médico Legal, prontuários hospitalares e da Estratégia Saúde da Família e entrevistas com os familiares das mulheres falecidas. Óbitos por causa externa na gravidez foram classificados de acordo com a circunstância da morte usando-se o código O93 e calculadas as razões de mortalidade materna antes e depois da classificação.

RESULTADOS:

Foram identificados 18 óbitos na presença de gravidez. A maioria das mulheres tinha entre 20 e 29 anos, de quatro a sete anos de estudo, eram negras, solteiras. Quinze óbitos foram classificados com o código O93 como morte relacionada à gravidez (13 por homicídio - O93.7; dois por suicídio - O93.6) e três mortes maternas obstétricas indiretas (uma homicídio - O93.7 e duas por suicídio - O93.6). Houve incremento médio de 35,0% nas razões de mortalidade materna após classificação.

CONCLUSÕES:

Os óbitos por causas mal definidas e no puerpério precoce não ocorrem por acaso e sua exclusão dos cálculos dos indicadores de mortalidade materna aumentam os níveis de subinformação.

Keywords : Gestantes; Violência contra a Mulher; Causas Externas; Mortalidade Materna; Classificação.

        · abstract in English | Spanish     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )