SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50Dynamic network data envelopment analysis for university hospitals evaluationInvestments and costs of oral health care for Family Health Care author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910On-line version ISSN 1518-8787

Abstract

BALBINOT, Alexandre Dido et al. Hospitalizações por uso de drogas não se alteram com uma década de Reforma Psiquiátrica. Rev. Saúde Pública [online]. 2016, vol.50, 26.  Epub May 24, 2016. ISSN 0034-8910.  http://dx.doi.org/10.1590/S1518-8787.2016050006085.

OBJETIVO

Investigar se as taxas de internações psiquiátricas por uso de substâncias psicoativas e o tempo médio de hospitalização se modificaram após a primeira década de efetiva implementação da reforma psiquiátrica no Brasil.

MÉTODOS

Este artigo analisa a evolução das hospitalizações devido a transtornos decorrentes do uso de álcool ou outras substâncias no estado de Santa Catarina, de 2000 a 2012. Trata-se de estudo ecológico, de série temporal, com dados de internações obtidas do Serviço de Informática do Sistema Único de Saúde. Foram estimadas taxas de hospitalização por 100 mil habitantes e tempo médio de ocupação dos leitos. Foram estimados coeficientes de variação dessas taxas por Regressão de Poisson.

RESULTADOS

As taxas de internação total e para o sexo masculino não variaram (p = 0,244 e p = 0,056, respectivamente). Houve incremento de 3,0% para o sexo feminino (p = 0,049). Não se observou variação significativa para tempo de ocupação dos leitos.

CONCLUSÕES

A implantação de serviços desencadeada pela reforma psiquiátrica brasileira não foi acompanhada de redução das taxas de hospitalização ou tempo médio de permanência de quem foi hospitalizado ao longo dessa primeira década de implantação da reforma.

Keywords : Transtornos Relacionados ao Uso de Substâncias; Transtornos Mentais; Hospitais Psiquiátricos, utilização; Hospitalização; Tempo de Internação; Estudos de Séries Temporais.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )