SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.52Effects of a strategy for the promotion of physical activity in students from BogotáAmbulatory care sensitive hospitalizations after implementation of the master plan in Minas Gerais author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista de Saúde Pública

Print version ISSN 0034-8910On-line version ISSN 1518-8787

Abstract

ALMEIDA, Karlo Jozefo Quadros de et al. Ouvidoria ativa em saúde: avaliação da qualidade da atenção ao parto e nascimento. Rev. Saúde Pública [online]. 2018, vol.52, 76.  Epub July 26, 2018. ISSN 0034-8910.  https://doi.org/10.11606/s1518-8787.2018052017291.

OBJETIVO

Avaliar a ouvidoria ativa em saúde como ferramenta de avaliação da qualidade da atenção ao parto e nascimento da Rede Cegonha do Distrito Federal.

MÉTODOS

Estudo transversal, do tipo inquérito por via telefônica, em 1.007 puérperas com partos realizados entre 15/10/2013 e 19/11/2013, nas 12 maternidades públicas que compõem a Rede Cegonha no Distrito Federal. O instrumento continha 25 questões de múltipla escolha ou do tipo escala Likert, que incluiu dados sociodemográficos e avaliação da aceitabilidade em cinco domínios: acessibilidade, relacionamento entre o paciente e os profissionais de saúde, condições da estrutura do serviço, informação ao paciente, e equidade e opinião do paciente. Variáveis qualitativas ou categóricas foram estudadas de acordo com a frequência e distribuição de proporções. Utilizou-se o escore transformado para uma escala de zero a 100 para análise das questões do tipo escala Likert. Resultados foram expressos em média e desvio-padrão.

RESULTADOS

O acesso às consultas de pré-natal foi avaliado como bom ou ótimo por 86,1% das participantes e os exames laboratoriais como bom ou ótimo por 85,2%. O acesso aos exames de imagem teve 45,7% avaliações boas ou ótimas; 79,5% das entrevistadas realizaram o parto na maternidade onde buscaram atendimento inicial e 18,3% receberam visita domiciliar por agente comunitário de saúde após a alta. A maioria relatou que os recém-nascidos foram colocados em seus colos ou peitos imediatamente após o nascimento, 48,9% tiveram presença de acompanhante no momento do parto, 76,3% foram orientadas em relação à primeira consulta dos recém-nascidos e 94,8% sobre aleitamento materno na maternidade. Quanto à avaliação dos profissionais de saúde, 85,9% das mulheres consideraram o acolhimento e a cordialidade recebidos como bons ou ótimos no pré-natal e 94,8%, como bons ou ótimos na maternidade.

CONCLUSÕES

A ouvidoria ativa em saúde contribuiu para a avaliação da qualidade da gestão pública, possibilitando a incorporação da perspectiva das usuárias do serviço de saúde na avaliação da aceitabilidade da Rede Cegonha no Distrito Federal.

Keywords : Gestantes; Defesa do Paciente; Direitos do Paciente; Serviços de Saúde Materno-Infantil; Qualidade da Assistência à Saúde.

        · abstract in English     · text in English | Portuguese     · English ( pdf ) | Portuguese ( pdf )