SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.26 número1Levels of hemolytic complement, total C3 and degree of conversion of native C3 in cardiac and indeterminate form of Chagas' diseaseThe nature of the precipitating specific antibodies of the paracoccidioidomycosis (South American blastomycosis) revealed by counterimmunoelectrophoresis índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

Links relacionados

Compartir


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

versión On-line ISSN 1678-9946

Resumen

CAMPOS, Carlos Alberto Moreira; CAMPOS, Rubens  y  PEREIRA, Leógenes Horácio. O Mastomys natalensis como modelo alternativo nos estudos da esquistossomose mansoni experimental. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1984, vol.26, n.1, pp.19-24. ISSN 1678-9946.  https://doi.org/10.1590/S0036-46651984000100004.

Foram estudados aspectos da infecção e da imunidade experimentais em um roedor — o Mastomys natalensis — inoculado com a cepa LE (Belo Horizonte) do Schistosoma mansoni, comparando os resultados com os do camundongo albino, animal tido como melhor modelo experimental. Os parâmetros estudados ofereceram resultados em tudo semelhantes aos encontrados em camundongos, com o M. natalensis se mostrando bastante sensível à infecção pelo S. mansoni, sendo de grande utilidade para os estudos da biologia do parasito e/ou observações da imu-nologia advinda da infecção. Somando-se a tal fato a grande reprodutividade do animal em cativeiro, a criação fácil, o manejo e a manutenção simples em laboratório, sugere-se que seja o M. natalensis usado como modelo experimental alternativo nos diversos estudos da esquistossomose mansoni.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · Portugués ( pdf )

 

Creative Commons License Todo el contenido de esta revista, excepto dónde está identificado, está bajo una Licencia Creative Commons