SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.27 issue2Schistosoma mansoni: importance of skin and pulmonary phases to concomitant immunity in albino miceAssessment of the antihelminthic activity of albendazole in human strongyloidiasis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

PINTO, Pedro Luiz Silva et al. Estudo experimental sobre possível atividade da violeta de genciana na profilaxia da transmissão da toxoplasmose por transfusão de sangue. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1985, vol.27, n.2, pp. 89-94. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651985000200006.

Devido a evidências sugestivas da possibilidade de transmissão da toxoplasmose por transfusão de sangue, os autores se propuseram avaliar o papel preventivo da violeta de genciana, à semelhança do que já é estabelecido para a doença de Chagas. O experimento em camundongos revelou a ação profilática da violeta de genciana quando adicionado ao sangue a ser transfundido na concentração de 1/1000 e permanência por 48 horas na geladeira.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese