SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.32 issue3Chronic myocardial damage in experimental T. cruzi infection of a new world primate, Cebus sp. monkey author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

GRAEFF-TEIXEIRA, Carlos et al. Identificação de roedores silvestres como hospedeiros do Angiostrongylus costaricensis no sul do Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1990, vol.32, n.3, pp. 147-150. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651990000300001.

Um número crescente de casos de angiostrongilíase abdominal tem sido detectado no sul do Brasil. O principal hospedeiro do Angiostrongylus costaricensis na América Central, o rato do algodão (Sigmodon hispidus), não ocorre na América do Sul, exceto no norte do Peru, Colômbia e Venezuela. Foram realizadas capturas na área endêmica do Rio Grande do Sul (RS), visando identificar hospedeiros para obtenção de vermes em laboratório e produção de antígeno. Pela primeira vez no Brasil foi constatada a infecção em roedores: Oryzomys nigripes e Oryzomys ratticeps. O. nigripes é um roedor silvestre de pequeno porte e parece ser o principal hospedeiro definitivo do A. costaricensis na região serrana do RS.

Keywords : Angiostrongylus costaricensis; Oryzomys nigripes; Oryzomys ratticeps; angiostrongilíase abdominal; zoonoses por helmintos; helmintíases.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese