SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue2Sarasinula marginata (Semper, 1885) (Mollusca, Soleolifera) from Belo Horizonte (MG, Brazil) as a potential intermediate host of Angiostrongylus costaricensis Morera & Céspedes, 1971Non-cholera vibrios in enterobacteriologic routine author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

FIGUEIREDO, Luiz Tadeu Moraes; OWA, Miyoko Abe; CARLUCCI, Rita Helena  and  OLIVEIRA, Luzia de. Estudo sobre o diagnóstico laboratorial e sintomas do dengue, durante epidemia ocorrida na região de Ribeirão Preto, SP, Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1992, vol.34, n.2, pp. 121-130. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651992000200007.

Uma epidemia de dengue tipo 1 se iniciou em Novembro de 1990 na Região de Ribeirão Preto, Norte do Estado de São Paulo. Foram confirmados por exames laboratoriais cerca de 3.500 casos até fevereiro de 1991. A Unidade de Pesquisa em Virologia da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto - USP, estudou soros de 502 pessoas suspeitas de apresentarem dengue. Fez-se o diagnóstico sorológico através do método da inibição da hemaglutinação (HAI) para dengue tipo 1 em 19% dos analisados. Passou-se a utlilizar um teste imuno-enzimático para dengue em culturas celulares infectadas (EIA-ICC), que permite identificação simultânea de IgG e IgM. O EIA-ICC embora menos sensível quando comparado ao HAI (89%), mostrou-se mais eficiente, porque: dispensou a obtenção de segundas amostras séricas para o diagnóstico; trata-se de técnica simples, podendo ser efetuada em apenas 5 horas. O vírus dengue tipo 1 foi isolado do sangue de 21 pacientes, por inoculação em células de mosquitos C6/36. Fez-se a identificação dos vírus isolados por método de imunofluorescência indireta, utilizando anti-soro contra todos os flavivirus e anticorpos monoclonais tipo-específicos de dengue. Os sintomas mais freqüentemente observados em 71 indivíduos com diagnóstico de dengue confirmado foram febre (90% dos casos), mialgias (57%) e artralgias (41%)

Keywords : Dengue; Epidemia em Ribeirão Preto; Diagnóstico laboratorial; Sintomatologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese