SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 issue3Candida from cancer patients: susceptibility "in vitro" to polyene antifungal agentsBroth dilution and agar dilution methods applied to Candida sensitivity tests author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

MOITINHO, Maria da Luz Ribeiro  and  FERREIRA, Cláudio Santos. Sedimentação em coproscopia parasitológica. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1992, vol.34, n.3, pp. 255-258. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651992000300013.

Descreve-se uma técnica de sedimentação, na qual a suspensão fecal é colocada no topo de uma solução de sacarose de massa específica igual a 1,015 g/cm3. Em tubos de ensaio de 100 x 15 mm, experimentos em duplicata de sedimentação por gravidade foram realizados usando-se suspensões fecais homogeneizadas (colunas simples) e suspensões fecais sobrepostas às soluções de sacarose (colunas duplas). Contagens de cistos e de ovos e determinações turbidimétricas foram feitas nos sedimentos obtidos após definidos intervalos de tempo. A maioria dos ovos de Ascaris lumbricoides, Trichuris trichiura e Ancylostomidae sedimentaram dentro de 20 minutos em coluna simples e entre 30 e 60 minutos em coluna dupla. Cistos de Giardia duodenalis demandaram períodos muito mais longos para sedimentar em coluna dupla do que em coluna simples; após 180 minutos (período máximo de observação), sedimentos de coluna dupla produziram 60,0% da contagem da coluna simples. Sedimentos de coluna dupla mostraram constantemente menor grau de turbidez do que os da coluna simples

Keywords : Parasitological coproscopy; Sedimentation techniques; LUTZ's technique.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English