SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.40 issue3SCHISTOSOMIASIS MANSONI IN THE "BAIXADA OCIDENTAL MARANHENSE", STATE OF MARANHÃO, BRAZIL: CROSS-SECTIONAL STUDIES PERFORMED IN 1987 AND 1993ANTI M. leprae IgM ANTIBODY DETERMINATION BY ULTRAMICROIMMUNOENZYMATIC (UMELISA HANSEN) FOR THE DIAGNOSIS AND MONITORING LEPROSY author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

ZERPA, Noraida; MORENO, Jorge; GONZALEZ R., Julio  and  NOYA, Oscar. COLONIZATION AND LABORATORY MAINTENANCE OFAnopheles albimanus WIEDEMANN IN VENEZUELA. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1998, vol.40, n.3, pp. 173-176. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651998000300007.

Colonização e manutenção no laboratório de Anopheles albimanus Wiedemann na Venezuela Anopheles albimanus é dos principais vetores da malária na América Central e Caribe, sendo a primeira vez que conseguimos sua colonização na Venezuela. Os mosquitos foram capturados no Estado Aragua e colonizados no laboratório através de um método simples e eficiente. Estimaramse parâmetros populacionais usando tabelas de vida em condições laboratoriais bem controladas, observandose probabilidade de sobrevivência constante próxima a 1 para os estadios imaturos. O potencial reprodutivo está representado por uma taxa reprodutiva (Ro) de 3,83, período entre gerações de 24,5 dias e uma taxa intrínseca de crescimento (rm) de 0,05.

Keywords : Colonization; Anopheles albimanus; Venezuela; Laboratory.

        · abstract in English     · text in English