SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue2A TEN-YEAR SURVEY OF Tinea pedis IN THE CENTRAL REGION OF THE RIO GRANDE DO SUL, BRAZIL author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

OLIVEIRA, Luiz Carlos Marques de et al. Prevalência de marcadores de hepatite B e hepatite C em alcoólicos com e sem cirrose hepática clinicamente evidente. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1999, vol.41, n.2, pp. 69-73. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651999000200002.

Nós avaliamos a freqüência de marcadores sorológicos das hepatites B e C em 365 alcoolistas, determinando pelo método ELISA, a presença de HBsAg, anti-HBc, anti-HBs e anti-HCV. Cinqüenta deles eram cirróticos e 315 não tinham evidências de cirrose hepática; nestes últimos determinamos HBsAg em todos, anti-HBc e anti-HBs em 130, e anti-HCV em 210. Entre os alcoolistas as freqüências de HBsAg (1,9%), anti-HBc (28,3%) e anti-HCV (3,8%) foram maiores (p<0,001) do que entre os controles (N=17.059), 0,4%, 4,0% e 0,4% respectivamente. A freqüência de HBsAg+ no grupo de alcoolistas sem cirrose (0,95%) foi semelhante a do grupo controle (0,4%) e menores (p<0,001) do que no grupo cirrótico (8,0%); a de anti-HBc+ nos alcoolistas sem cirrose (28,5%) foi semelhante a dos cirróticos (28,0%) e maiores (p<0,001) do que nos controles (4,0%); a de anti-HBs+ em alcoolistas não cirróticos (20,8%) foi semelhante a dos cirróticos (10,0%). A de anti-HCV+ nos alcoolistas não cirróticos (3,3%) foi semelhante a dos cirróticos (6,0%) e maiores (p<0,001) do que no grupo controle (0,4%). Concluímos que: a) alcoolistas não cirróticos e cirróticos têm freqüências de infecção pelos vírus B e C da hepatite semelhantes entre si, e maiores do que não alcoolistas; b) alcoolistas sem cirrose tiveram freqüência de infecção ativa pelo vírus B (HBsAg+) semelhantes aos controles, enquanto entre aqueles que evoluíram para cirrose esta freqüência foi significativamente maior, o que sugere que o VHB possa estar implicado na patogênese da cirrose de alguns indivíduos alcoólicos.

Keywords : Hepatitis B virus; Hepatitis C virus; Alcoholism; Alcoholic liver disease; Alcoholic cirrhosis.

        · abstract in English     · text in English