SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue3HIV-1/2 indeterminate Western blot results: follow-up of asymptomatic blood donors in Belo Horizonte, Minas Gerais, BrazilCharacterization of rotavirus P genotypes circulating among paediatric inpatients in Northern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

On-line version ISSN 1678-9946

Abstract

GASTALDELLO, René et al. Eficiência da imunofluorescência indireta para o diagnóstico confirmatório da infecção por retrovírus humanos (HIV-1) e (HTLV-I/II) em populações em diversos graus de risco à infecção. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1999, vol.41, n.3, pp.159-164. ISSN 1678-9946.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651999000300005.

Avaliou-se a eficiência da técnica de Imunofluorescência Indireta (IFI) como método confirmatório no diagnóstico da infecção por HIV-1 e HTLV-I/II. Para isto, processaram-se amostras com sorologia positiva ou negativa por Western blot (Wb) para ambos vírus, pertencentes a populações em diferentes graus de risco de adquirir a infecção e determinaram-se os valores de sensibilidade, especificidade, valores preditivos positivo e negativo e o índice de concordância Kappa da IFI para cada sistema viral em comparação com o Wb. Como fontes de antígenos da IFI empregaram-se as linhas celulares H9 (HTLV-III b), MT-2 e MT-4 (persistentemente infectadas com HTLV-I), MO-T (persistentemente infectadas com HTLV-II). Os valores globais de sensibilidade e especificidade para o sistema HIV-1, foram 96,80% e 98,60% respectivamente, enquanto os valores preditivos positivo e negativo 99,50% e 92,00% respectivamente. Não foram achadas diferenças na eficiência da técnica para a detecção de anticorpos anti HIV-1 entre as diversas populações estudadas. A respeito do sistema MT-2-HTLV-I os valores achados de sensibilidade e especificidade da IFI foram de 97,91% e 100% respectivamente sendo os valores preditivos positivo e negativo de 100% e 97,92% respectivamente. Do mesmo jeito para o sistema HTLV se demonstrou que a IFI implementada foi mais sensível quando se defrontaram as amostras com os dois antígenos virais (HTLV-I e HTLV-II) simultaneamente. A concordância global entre a IFI versus Wb para o sistema HIV-1 e HTLV foi ótima (índices de Kappa 0,93 e 0,98 respectivamente). Estes resultados indicam que a IFI é uma técnica altamente sensível e específica resultando adequada para o diagnóstico confirmatório da infecção pelos retrovirus humanos HIV-1 e HTLV-I/II em populações em diferentes graus de risco, podendo substituir ao Wb no algoritmo proposto para o diagnóstico sorológico da infecção por estes agentes.

Keywords : Retrovirus; HIV-1; HTLV-I/II; Indirect immunofluorescence assay; Diagnosis.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf epdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License