SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.41 issue3Seroprevalence of toxoplasmosis in Fortaleza, Ceará, BrazilProduction of TNF-a by primary cultures of human keratinocytes challenged with Loxosceles gaucho venom author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

BERTOZZI, Luciana C.; SUZUKI, Lisandra A.  and  ROSSI, Cláudio L.. Diagnóstico sorológico da toxoplasmose: utilidade da detecção de anticorpos IgA e da determinação da avidez dos anticorpos IgG em um paciente com uma resposta persistente de anticorpos IgM anti-Toxoplama gondii. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 1999, vol.41, n.3, pp. 175-177. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46651999000300008.

No presente trabalho, são descritos os resultados da detecção de anticorpos específicos da classe IgA e da determinação da avidez dos anticorpos IgG em amostras sequenciais de soro de um paciente apresentando níveis significativos de anticorpos IgM anti-Toxoplasma gondii durante sete anos após o início das manifestações clínicas da infecção. Os anticorpos IgM foram detectados pelo teste de imunofluorescência indireta (IFI) e por três técnicas imunoenzimáticas (ELISA) comerciais. Os anticorpos IgA foram quantificados por uma técnica de ELISA de captura, utilizando um "kit" comercial. De acôrdo com as instruções do fabricante do "kit" utilizado para a pesquisa de IgA, a maioria dos pacientes com toxoplasmose aguda apresenta níveis de anticorpos > 40 unidades arbitrárias por ml (UA/mL). Utilizando este parâmetro, o paciente, ainda, apresentou um resultado de ELISA positivo (45 UA/mL) em uma amostra de soro coletada um ano após o início das manifestações clínicas. A avidez dos anticorpos IgG foi determinada com uma técnica de ELISA, utilizando o sistema "Falcon assay screening test" (F.A.S.T.®-ELISA). Índices de avidez compatíveis com uma infecção recente foram encontrados nas amostras de soros obtidas durante os primeiros 5 meses após o início dos sintomas clínicos da toxoplasmose. Os nossos dados mostram que a interpretação de resultados IgM positivos, como indicativos de toxoplasmose aguda, requer confirmação laboratorial com outros testes ou demonstração de um aumento significativo dos títulos de anticorpos em amostras sequenciais de soros.

Keywords : Toxoplasmosis; Immunodiagnosis; IgM; IgA; IgG avidity.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English