SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue5In vitro susceptibility to antifungal agents of clinical and environmental Cryptococcus neoformans isolated in Southern of BrazilImmunofluorescence assay reactivity patterns of serum samples presenting indeterminate Western blot results for antibodies to HIV-1 and HTLV-I/II in Cordoba, Argentina author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

ARGANARAZ, Enrique R. et al. Piolhos hematófagos podem disseminar infecção pelo Trypanosoma cruzi em babuínos. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2001, vol.43, n.5, pp. 271-276. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652001000500007.

As infecções pelo Trypanosoma cruzi e a doença de Chagas são endêmicas em babuínos (Papio hamadryas) reproduzidos em cativeiro na Southwest Foundation for Biomedical Research, em Santo Antonio, Texas. Nós obtivemos produtos de amplificação por PCR do DNA extraído de piolhos colhidos do cabelo e da pele de babuínos chagásicos, com primers aneladores específicos para DNAs nuclear e de cinetoplasto do protozoário. Esses produtos foram hibridizados com suas respectivas seqüências internas complementares. Seqüências selecionadas foram clonadas e o sequenciamento demonstrou a presença de DNA nuclear de T. cruzi, e de minicírculo de kDNA. A PCR competitiva com primers de kDNA determinou a quantidade de aproximadamente 23.9 ± 18.2 T. cruzi por piolho. Este achado sugere que o piolho pode ser um vetor contribuindo para a disseminação de T. cruzi na colônia de babuínos.

Keywords : Baboons; Papio hamadrias; Lice; Pedicinus obtusus; Trypanosoma cruzi infection.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English