SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue6An indirect immunofluorescence assay to detect antibodies against St. Louis Encephalitis virusLiver abscess caused by Ascaris lumbricoides: case report author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

FERREIRA, Cláudio Santos; AMATO NETO, Vicente; ALARCON, Ruth Semira Rodríguez  and  GAKIYA, Erika. Identificação de oocistos de Cryptosporidium em esfregaços fecais corados pela hematoxilina férrica de Heidenhain. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2001, vol.43, n.6, pp. 341-342. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652001000600009.

Não há carência de métodos para o diagnóstico da infecção por Cryptosporidium spp. Apesar dos méritos dos imunoensaios, a identificação de oocistos em amostras de fezes permanece um importante recurso diagnóstico que deve a persistência de seu uso a certas características, como dispensar o uso de "kits" e equipamentos dispendiosos, exigindo apenas instrumental básico de laboratório, além de oferecer poucas probabilidades de resultados falsos-positivos, uma vez que as preparações permanentes podem ser examinadas novamente em caso de dúvida. Os oocistos de Cryptosporidium spp. podem ser facilmente identificados em esfregaços preparados segundo a técnica regressiva de coloração pela hematoxilina férrica. Procurou-se reduzir ao mínimo o número de etapas da técnica e sua duração, assim como o custo, sem perda da qualidade das imagens e da durabilidade das preparações.

Keywords : Cryptosporidium spp.; Regressive iron hematoxylin staining.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English