SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue1Microwave treatment of human milk to prevent transmission of Chagas diseaseAcute renal failure after massive honeybee stings author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

FERREIRA, Claudio Santos. Coloração de protozoários intestinais pela hematoxilina férrica de Heidenhain. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2003, vol.45, n.1, pp. 43-44. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652003000100009.

Por suas propriedades peculiares, a hematoxilina férrica tem sido tradicionalmente recomendada para a coloração de protozoários intestinais. O processo pode ser simplificado sem perda de qualidade dos resultados, tornando-se aplicável à rotina. Para isto reduzem-se o número de passagens e os tempos de permanência das lâminas nos líquidos usados. A hematoxilina é um corante natural, extraído de Hematoxylon campechianum, da família Leguminosae. Antes do uso ela deve "amadurecer", isto é transformar-se, por oxidação, em hemateína, que reage com o sulfato férrico-amônio para produzir a laca férrica (hematoxilina férrica), um corante básico. Habitualmente, a hematoxilina férrica é usada para corar regressivamente: as lâminas são primeiramente supercoradas e ulteriormente diferenciadas.

Keywords : Iron hematoxylin staining; Intestinal protozoa.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English