SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue5Heterologous antigen extract in ELISA for the detection of human IgE anti-Strongyloides stercoralisPulmonary tuberculosis: relationship between sputum bacilloscopy and radiological lesions author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

MONTOYA, Roberto; DIAS, João Carlos Pinto  and  COURA, José Rodrigues. Doença de Chagas em uma comunidade do Sudeste do Brasil: I. Seguimento sorológico em uma área com controle vetorial. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2003, vol.45, n.5, pp. 269-274. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652003000500006.

A prevalência da infecção pelo Trypanosoma cruzi foi avaliada no município de Berilo, Minas Gerais, Brasil, no período de janeiro a julho de 1997. Uma amostra de 2.261 indivíduos foi estudada sorologicamente mediante o teste de imunofluorescência indireta em sangue coletado em papel de filtro. A taxa de prevalência foi de 18% no total da população estudada e 50% em pessoas da área rural maiores de 30 anos. A percentagem de soropositividade foi 0,17% entre os menores de 10 anos estudados, o que sugere que a transmissão vetorial está controlada na área. Observamos uma diminuição na taxa de soroprevalência entre as pessoas nascidas após 1960 e 1970 o que teria relação com o início das ações de controle. Observou-se também uma redução na taxa de infecção pelo T. cruzi quando comparamos os nossos achados com as estimativas de infecção registradas em um estudo sorológico realizado em Berilo em 1983.

Keywords : T. cruzi infection; Chagas' disease prevalence; Epidemiology; Vectorial control; Chagas disease transmission.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English