SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 issue6Assessment of chloroquine single dose treatment of malaria due to Plasmodium vivax in Brazilian AmazonComparison between immunomagnetic separation, coupled with immunofluorescence, and the techniques of Faust et al. and of Lutz for the diagnosis of Giardia lamblia cysts in human feces author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

VIDAL, José E. et al. Lesão expansiva cerebral devida a citomegalovírus: relato de caso e revisão da literatura. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2003, vol.45, n.6, pp. 333-337. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652003000600007.

As doenças causadas pelo citomegalovírus (CMV) em pacientes com a síndrome da imunodeficiência adquirida apresentam-se principalmente como corioretinite ou comprometimento gastrointestinal. No sistema nervoso central, o CMV pode causar diversas síndromes clínicas: poliradiculite, mielite, encefalite, ventrículo-encefalite e mononeurite múltipla. Raramente, lesões expansivas cerebrais são descritas. Os autores relatam o caso de uma paciente de 39 anos com antecedentes de infecção pelo HIV e toxoplasmose cerebral, que apresentou-se com febre, convulsões e úlceras vulvares. O raios-X de tórax demonstrou múltiplos nódulos pulmonares e a tomografia computadorizada de crânio evidenciou extensa lesão no lobo frontal esquerdo. Após ser submetida à craniotomia, evoluiu com piora clínica, falecendo no primeiro dia de pós-operatório. Os estudos histopatológicos e imunohistoquímicos demonstraram doença citomegálica. Foram excluídas toxoplasmose cerebral e infecção bacteriana, micobacteriana ou fúngica. Concluímos que, embora seja extremamente raro, o CMV deve ser considerado no diagnóstico diferencial das lesões expansivas cerebrais em pacientes com infecção pelo HIV. Um elevado índice de suspeita, procedimentos diagnósticos oportunos (cirúrgicos ou minimamente invasivos), e o adequado uso de antivirais (terapêuticos e profiláticos) podem melhorar o prognóstico desta letal manifestação.

Keywords : Cerebral mass lesion; Focal brain mass; Intracranial mass lesion; Focal neurological disease; Cytomegalovirus; Acquired immunodeficiency syndrome.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English