SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 issue4Oligodendroglioma in a patient with AIDS: case report and review of the literatureNeurocryptococcosis: diagnosis by PCR method author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

MADALOSSO, Geraldine et al. Meningoencefalite chagásica: relato de caso de doença recentemente incluida como indicativa de AIDS no Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2004, vol.46, n.4, pp. 199-202. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652004000400005.

Recentemente, a reagudização da doença de Chagas (meningoencefalite e/ou miocardite) foi incluída na lista de doenças indicativas de aids no Brasil. Os autores relatam o caso de um paciente de 52 anos de idade, natural de área rural da Bahia e procedente de uma área urbana de São Paulo, sem história de doenças prévias e que apresentou meningoencefalite aguda. As sorologias e pesquisas parasitológicas diretas no sangue e no liquido cefalorraquideano (LCR) demonstraram presença de Trypanosoma cruzi, confirmando-se o diagnóstico mediante cultura do LCR. O teste rápido assim como os ELISA e Western Blot diagnosticaram infecção pelo vírus da imunodeficiência humana (HIV). Apesar do tratamento com benzonidazole e as medidas de suporte, o paciente faleceu 24 horas depois da admissão hospitalar. Em áreas endêmicas, a reagudização da doença de Chagas deve ser sempre considerada no diagnóstico diferencial das meningoencefalites e sua presença em pacientes com infecção pelo HIV é indicativa de aids.

Keywords : Chagas disease; Meningoencephalitis; Central nervous system; Epidemiology; Acquired immunodeficiency syndrome; Brazil.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English