SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 issue1Preliminary antigenic characterisation of an adult worm vomit preparation of Fasciola hepatica by infected human seraGenotyping, serotyping and determination of mating-type of Cryptococcus neoformans clinical isolates from São Paulo State, Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

CHANG, Marilene Rodrigues et al. Estudo de 30 casos de histoplasmose no Estado de Mato Grosso do Sul, Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2007, vol.49, n.1, pp. 37-39. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652007000100007.

Foram estudados 30 casos de histoplasmose observados no estado de Mato Grosso do Sul - HU-UFMS, no período de janeiro de 1998 a dezembro de 2005. Os pacientes eram, na maioria, homens (83,3%) jovens (média de 33,4 anos de idade), naturais e procedentes de Mato Grosso do Sul (63,3%) e tinham AIDS como principal doença subjacente (83,3%). Houve predomínio da forma disseminada (96,7%) e as manifestações clínicas mais freqüentes foram: febre (83,3%), emagrecimento (70,0%) tosse (63,3%), hepatoesplenomegalia (40,0%) e linfonodomegalia (36,7%). O diagnóstico laboratorial foi obtido por exame microscópio direto de esfregaços corados pela técnica de Giemsa, em 16 pacientes, e isolamento de H. capsulatum em cultivo nos meios de agar Sabouraud dextrose e agar infusão de cérebro e coração, de materiais diversos, em 29 pacientes. A letalidade observada foi de 40%. O trabalho apresenta, pela primeira vez na literatura, a ocorrência de histoplasmose-doença no Estado de Mato Grosso do Sul.

Keywords : Histoplasmosis; Histoplasma capsulatum; AIDS; Mato Grosso do Sul [Brazil].

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English