SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.49 número1Padrão de infiltração de células do sistema imune na cromomicose: envolvimento de MIP-1 alfa da persistência fúngicaManifestações neuromusculares agudas associadas à ingestão de polvo comum Octopus sp. índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

versão On-line ISSN 1678-9946

Resumo

BELDA JUNIOR, Walter; VELHO, Paulo Eduardo Neves Ferreira; FAGUNDES, Luiz Jorge  e  ARNONE, Marcelo. Avaliação in vitro da atividade de seis drogas antimicrobianas contra Neisseria gonorrhoeae. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2007, vol.49, n.1, pp.55-58. ISSN 1678-9946.  https://doi.org/10.1590/S0036-46652007000100010.

A utilização de antimicrobianos no tratamento da gonorréia iniciou-se em 1930 com a utilização das sulfonamidas. No decorrer dos anos outras drogas passaram a ser utilizadas em seu tratamento como a penicilina, tetraciclina, espectinomicina e outras. Embora altamente eficazes no início, essas drogas, ao longo do tempo, passaram a não mais apresentar o resultado terapêutico esperado em virtude do aparecimento de quadros de resistência cromossômica e plasmidial. Este trabalho teve por objetivo avaliar a sensibilidade de cepas de Neisseria gonorrhoeae a seis drogas utilizadas no seu tratamento (penicilina, tetraciclina, cefoxitina, tianfenicol, espectinomicina e ofloxacina) através da concentração inibitória mínima. Concluimos que drogas como a cefoxitina, o tianfenicol e a espectinomicina ainda constituem excelentes fármacos para o tratamento da gonorréia. A penicilina, embora ainda eficaz, enseja maiores cuidados na sua utilização, assim como a ofloxacina, frente ao surgimento de cepas resistentes e, a tetraciclina e seus derivados deve ser sobremaneira contra-indicada no tratamento da gonorréia.

Palavras-chave : Gonorrhea; Neisseria gonorrhoeae; Drug resistance; Minimum inhibitory concentration.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons