SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.50 issue2Feeding sources and trypanosome infection index of Rhodnius pallescens in a Chagas disease endemic area of Amador County, PanamaSelf-diagnosis of active head lice infestation by individuals from an impoverished community: high sensitivity and specificity author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

ESPIRITO SANTO, Maria Cristina Carvalho do et al. Ultra-sonografia abdominal na avaliação de fibrose e hipertensão portal em área de baixa endemicidade de esquistossomose. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2008, vol.50, n.2, pp. 117-119. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652008000200010.

Este estudo desenvolveu-se no município de Bananal, São Paulo, uma área endêmica para esquistossomose com prevalência menor que 10% e baixa carga parasitária nos infectados. Teve como objetivo a identificação de formas clínicas da esquistossomose mansoni através do exame ultra-sonográfico, em 109 pacientes diagnosticados parasitologicamente e medicados com oxamniquine, durante a realização do Plano de Intensificação das Ações de Controle da Esquistossomose mansônica (1998-2000). Foram utilizadas a ultra-sonografia abdominal e exames de fezes (Kato-Katz) realizados após o término do plano, quatro anos em média. Nesta casuística, foram identificados cinco pacientes com imagens ultra-sonográficas abdominais compatíveis com fibrose periportal periférica ou central e hipertensão portal, além da negatividade de todos os exames parasitológicos nos 109 pacientes. A ultra-sonografia, um método de diagnóstico sensível e não invasivo, possibilitou a identificação de casos com comprometimento hepático em uma área de baixa endemicidade para esquistossomose mansoni.

Keywords : Schistosomiasis; Ultrasonography; Periportal Fibrosis; Plan of control.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English