SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 issue1Classic and molecular study of Giardia duodenalis in children from a daycare center in the region of Presidente Prudente, São Paulo, BrazilEnteroparasitosis and their ethnographic relationship to food handlers in a tourist and economic center in Paraná, Southern Brazil author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

QUISPE, Nadia Carmela Santos; FERIA, Edwin Bengoa; SANTOS-FORTUNA, Elizabeth de los  and  CATERINO-DE-ARAUJO, Adele. Confirmação da presença de infecção por HTLV-1 e ausência de infecção por HTLV-2 em doadores de sangue de Arequipa, Peru. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2009, vol.51, n.1, pp. 25-29. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652009000100005.

Estudos epidemiológicos conduzidos no Peru apontam a infecção por HTLV-1 como prevalente em diferentes grupos étnicos e por HTLV-2 restrita a alguns índios da região Amazônica e a homens que fazem sexo com homens. Não existem dados sobre a infecção por HTLV-1/2 em doadores de sangue de Arequipa, região montanhosa do sul do Peru. Portanto, o presente estudo pesquisou anticorpos anti-HTLV-1 e HTLV-2 em 2.732 doadores de sangue desta região geográfica. Foram utilizados na triagem sorológica os testes imunoenzimáticos (ELISA) e para confirmação dos resultados o Western Blot (WB). Soros reagentes no ELISA tiveram suas bolsas de sangue descartadas. Os resultados obtidos foram analisados de acordo com características demográficas dos indivíduos. Trinta e cinco soros (1,2%) resultaram HTLV-1/2 reagentes no ELISA, 25 confirmaram infecção por HTLV-1 no WB. Um soro resultou HTLV positivo e os nove soros restantes resultaram em padrão indeterminado no WB: três com perfil HTLV-1 Gag indeterminado. A média de idade dos indivíduos HTLV positivos foi de 34,6 anos; 27 do gênero masculino e oito do gênero feminino. Todos eram da região sul do país: 27 de Arequipa, cinco de Puno e três de Cuzco. Foi detectada co-positividade HTLV com hepatite B (cinco soros) e sífilis (um soro). Nenhum soro resultou positivo para a co-infecção HIV/HTLV. Havia dois indivíduos com transfusão prévia e um com tatuagem. Este trabalho confirma pela primeira vez infecção por HTLV-1 e ausência de infecção por HTLV-2 em doadores de sangue de Arequipa, sul do Peru e sugere que a transmissão vertical seja a principal via de transmissão/aquisição de HTLV-1 nesta região geográfica.

Keywords : Human T cell lymphotropic virus 1 (HTLV-1); HTLV-2; Serology; Blood donors; Peru.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English