SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.54 issue3Discrepancies and consequences of indirect hemagglutination, indirect immunofluorescence and Elisa tests for the diagnosis of Chagas diseaseAmplification of the flgE gene provides evidence for the existence of a Brazilian borreliosis author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665

Abstract

LESCANO, Susana A. Zevallos; NAKHLE, Maria Cristina; RIBEIRO, Manoel Carlos S.A.  and  CHIEFFI, Pedro Paulo. Anticorpos IgG em camundongos coinfectados por Toxocara canis e outros helmintos e por protozoários parasitos. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2012, vol.54, n.3, pp. 145-152. ISSN 0036-4665.  http://dx.doi.org/10.1590/S0036-46652012000300006.

Estudou-se a resposta imune humoral expressa por anticorpos da classe IgG em camundongos BALB/c experimentalmente infectados com Toxocara canis em duas situações distintas. Na primeira, com o objetivo de verificar in vivo a possível reatividade cruzada entre Toxocara canis e outros parasitos (Ascaris suum, Taenia crassiceps, Schistosoma mansoni, Strongyloides venezuelensis e Toxoplasma gondii), foram realizados experimentos constituídos por três grupos de camundongos: um infectado apenas por Toxocara canis, outro com uma das demais espécies de parasitos estudados e um terceiro concomitantemente infectado por Toxocara canis e a espécie em questão. Todos os animais foram sangrados, através do plexo orbitário, 23, 38 e 70 dias após infecção. Os soros foram analisados para a presença de anticorpos anti-Toxocara por meio de teste imunoenzimático (ELISA) e por Immunoblotting, empregando-se antígeno de excreção-secreção (ES), obtido a partir da cultura de larvas de terceiro estádio de Toxocara canis. Para todos os experimentos utilizou-se grupo controle negativo constituído por 10 camundongos não infectados. Apenas no caso da infecção por Ascaris suum, nas condições experimentais observadas, logrou-se demonstrar ocorrência de reatividade cruzada com antígenos de Toxocara canis. Verificou-se, entretanto, no caso das coinfecções entre Toxocara canis-Schistosoma mansoni, Toxocara canis-Strongyloides venezuelensis e Toxocara canis-Taenia crassiceps produção de anticorpos anti-Toxocara em níveis significativamente inferiores do que os encontrados nos camundongos infectados somente por Toxocara canis. Nas coinfecções com Schistosoma mansoni ou Strongyloides venezuelensis observou-se, também, menor taxa de letalidade quando comparada à ocorrida nos animais com as respectivas infecções simples.

Keywords : Toxocara canis; Ascaris suum; Taenia crassiceps; Schistosoma mansoni; Strongyloides venezuelensis; Toxoplasma gondii; Coinfection; IgG; Humoral response.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English