SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue1HISTORICAL SERIES OF PATIENTS WITH VISCERAL LEISHMANIASIS TREATED WITH MEGLUMINE ANTIMONIATE IN A HOSPITAL FOR TROPICAL DISEASES, MACEIÓ-AL, BRAZILSEROPOSITIVITY FOR ASCARIOSIS AND TOXOCARIOSIS AND CYTOKINE EXPRESSION AMONG THE INDIGENOUS PEOPLE IN THE VENEZUELAN DELTA REGION author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

On-line version ISSN 1678-9946

Abstract

ROCHA, Elierson José Gomes da et al. Estudo da prevalência da Capillaria hepatica em humanos e roedores em área urbana da cidade de Porto Velho, Rondônia, Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2015, vol.57, n.1, pp.39-46. ISSN 1678-9946.  https://doi.org/10.1590/S0036-46652015000100006.

Introdução: Capilaríase hepática é causada pela Capillaria hepatica (syn. Calodium hepaticum) (Bancroft, 1893), Travassos, 1915 (Nematoda, Trichinelloidea, Capillariidae), sendo uma zoonose comum entre roedores, porém rara em humanos. Setenta e dois casos humanos foram relatados na literatura mundial desde o primeiro caso descrito por MACARTHUR em 192417,27. O objetivo desse estudo é determinar a prevalência da Capillaria hepatica em humanos e roedores de área urbana da cidade de Porto Velho, capital de Rondônia, Brasil.

Método: Após realizar um censo da área, 490 moradores foram aleatoriamente selecionados e assinaram termo de consentimento, foram colhidas amostras de sangue para testar anticorpos anti-Capillaria hepatica. Simultaneamente, ratos foram capturados para determinação da prevalência deste parasita através do exame histopatológico em cortes de fígado.

Resultados: Foi encontrada entre humanos prevalência de 1,8% de positividade para anticorpos específicos em diluição de 1:150, indicando exposição aos ovos do parasito; 0,8% desses também deram testes positivos quando seus soros sofreram diluição de 1:400, indicando infecção verdadeira. Nos ratos, a prevalência foi de 2%.

Conclusão: A prevalência encontrada para o parasito entre homens e roedores foi baixa. Enquanto a prevalência encontrada entre humanos esteve dentro dos limites encontrados na literatura, a prevalência entre roedores foi bem menor.

Keywords : Capillariasis; Capillaria hepatica; Rondônia; Amazônia.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )