SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 número4Serratia marcescens produtora de KPC em paciente sob assistência médica domiciliar em Recife, BrazilCriptococose disseminada fatal com envolvimento renal em paciente infectado pelo HIV índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

versão impressa ISSN 0036-4665versão On-line ISSN 1678-9946

Resumo

SANGENIS, Luiz Henrique Conde et al. Primeiro relato de doença de Chagas aguda por transmissão vetorial no Estado do Rio de Janeiro, Brasil. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2015, vol.57, n.4, pp.361-364. ISSN 0036-4665.  https://doi.org/10.1590/S0036-46652015000400017.

A doença de Chagas é antropozoonose endêmica na América Latina que tem como principal mecanismo de transmissão humana o contato da pele lesada ou da mucosa com as fezes de triatomíneos infectados por Trypanosoma cruzi. Neste artigo descrevemos o primeiro caso de doença de Chagas aguda adquirida no Estado do Rio de Janeiro por transmissão vetorial com confirmação parasitológica, sorológica e pela PCR. O paciente apresentou miocardite aguda e derrame pericárdico de evolução benigna. Juntamente com as manifestações sistêmicas da fase aguda, foi notada pápula eritematosa de três cm de diâmetro compatível com chagoma em punho esquerdo. Este relato de caso chama a atenção para a possibilidade de transmissão da doença de Chagas por vetores nativos não domiciliados e em áreas consideradas indenes. Portanto, a doença de Chagas aguda deve ser incluída entre os diagnósticos diferenciais de doenças febris e miopericardites agudas no Rio de Janeiro.

Palavras-chave : Chagas disease; Transmission; Triatoma vitticeps; Rio de Janeiro.

        · resumo em Inglês     · texto em Inglês     · Inglês ( pdf )