SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue6DENGUE OUTBREAK IN MATO GROSSO STATE, MIDWESTERN BRAZILMENINGOENCEPHALITIS DUE TO VARICELLA ZOSTER VIRUS IN AIDS PATIENTS. REPORT OF ELEVEN CASES AND REVIEW OF THE LITERATURE author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

Related links

Share


Revista do Instituto de Medicina Tropical de São Paulo

Print version ISSN 0036-4665On-line version ISSN 1678-9946

Abstract

OLIVEIRA, Rubens Souza de et al. Diagnóstico virológico e sorológico de raiva em morcegos de uma área urbana na Amazônia Brasileira. Rev. Inst. Med. trop. S. Paulo [online]. 2015, vol.57, n.6, pp.497-503. ISSN 0036-4665.  https://doi.org/10.1590/S0036-46652015000600006.

Os surtos de raiva em humanos transmitida por Desmodus rotundus em 2004 e 2005 no nordeste do estado do Pará, Brasil, Amazônia Oriental, fizeram desta uma área prioritária para estudos sobre essa zoonose. Diante disso, o presente estudo fornece dados sobre esse fenômeno em contexto urbano, afim de avaliar uma possível circulação do vírus clássico da raiva (RABV) entre espécies de morcegos em Capanema, cidade localizada na bacia Amazônica. Os morcegos foram coletados em 2011, com auxílio de redes de espera durante as estações seca e chuvosa. Amostras de encéfalo e de sangue foram coletadas para o diagnóstico virológico e sorológico, respectivamente. Das 153 amostras de encéfalo analisadas, nenhuma encontrou-se positiva para infecção pelo RABV, porém, 50,34% (95% CI: 45,67-55,01) das amostras de soro analisadas estavam soropositivas. Artibeus planirostris foi a espécie mais comum, e seu percentual de indivíduos soropositivos foi bem elevado (52.46%, 95% CI: 52,31-52,60). Porções estatisticamente iguais de soropositivos foram registrados nas estações (c2 = 0,057, d.f. = 1, p = 0,88). Uma porção significativamente elevada de machos (55,96%, 95% CI: 48,96%-62,96%), e adultos (52,37%, 95% CI: 47,35%-57,39%) foram soropositivos. Apesar de nenhuma das amostras de encéfalo terem sido positivas para raiva, a alta proporção de espécimes soropositivos indica uma possível circulação do RABV nessa área urbana.

Keywords : Bats; Rabies; Serology; Urban area.

        · abstract in English     · text in English     · English ( pdf )