SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.30 issue6Tratamento de ratos, experimentalmente infectados pelo Strongyloides venezuelensis, através da ivermectina administrada por via oralAvaliação de uma nova microtécnica de fixação de complemento (Garcia & Sotelo, 1991) para o diagnóstico da doença de Chagas crônica com diferentes preparações antigênicas author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

MOYSES NETO, Miguel et al. Candidíase em pacientes transplantados renais. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 1997, vol.30, n.6, pp. 485-491. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86821997000600008.

O objetivo do trabalho foi verificar a prevalência de candidíase em transplantados renais. Foram avaliados os prontuários dos pacientes transplantados no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto de fevereiro de 1968 a fevereiro de 1995. Nesse período foram transplantados 620 pacientes. Destes, 87 apresentaram 107 episódios de candidíase. Locais mais acometidos: trato urinário com 55 episódios, trato respiratório com 28, e trato gastrointestinal com 16. O agente etiológico mais freqüente foi C. albicans com 65 casos seguido de C. tropicalis com 12 e C. glabrata com 11 casos. As infecções do trato urinário mostraram incidência maior (61,7%) nos primeiros 6 meses. A maioria se apresentou clínicamente como infecção bacteriana. No trato respiratório, as infecções foram caracterizadas por recuperação do agente no escarro. No trato gastrointestinal, 9/16 episódios foram esofágicos, com epigastralgia, dor retroesternal, às vezes acompanhados de candidíase oral ou odinofagia. Nos outros episódios o agente foi recuperado nas fezes com quadro clínico de gastroenterite. Nas infecções dos tratos urinário e respiratório, houve associação da candidíase com antibioticoterapia prévia (76% e 67% respectivamente), além de infecções bacterianas concomitantes (34% e 64% respectivamente). As infecções por Candida sp tiveram prevalência geral em torno de 14,5%. A localização predominante foi no trato urinário e, em seguida, nos tratos respiratório e gastrointestinal, apresentando alto índice de associação com antibioticoterapia prévia e infecções bacterianas.

Keywords : Candidíase; Transplante renal; Infecção fúngica.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese