SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.33 issue5The pampiniform plexus of chronic chagasic patients: a histologic evaluationAbsence of both circadian rhythm and Trypanosoma cruzi periodicity with xenodiagnosis in chronic chagasic individuals author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

BRILHANTE, Raimunda SâmiaNogueira et al. Epidemiologia e ecologia das dermatofitoses na cidade de Fortaleza: o Trichophyton tonsurans como importante patógeno emergente da Tinea capitis. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2000, vol.33, n.5, pp. 417-425. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822000000500002.

As dermatofitoses são os distúrbios infecciosos de pele mais comuns do mundo. Na presente pesquisa foram avaliados 2.297 pacientes com lesões clínicas sugestivas de dermatofitoses das quais, 534 (23,2%) mostraram-se positivas para dermatófitos. Destes, o T. rubrum foi a espécie mais prevalente (49,6%; p £ 0,05), seguido por T. tonsurans (34,4%; p £ 0,05), M. canis (7%) e T. mentagrophytes (6,2%). Ao correlacionar-se as espécies isoladas com os respectivos sítios anatômicos, observou-se que o T. tonsurans foi o isolado mais freqüente nas lesões do couro cabeludo (73,9%; p £ 0.01). Por outro lado, o T. rubrum foi o principal envolvido nas lesões do corpo (72,8%; p £ 0,05). Portanto, nas infecções do couro cabeludo, observou-se o predomínio absoluto do T. tonsurans, dado este que se contrapõem, as estatísticas dos estados brasileiros da região Sudeste e Sul, bem como de outras regiões do mundo que correlacionam, ainda, o M. canis como sendo o microrganismo mais freqüentemente isolado nas Tinea capitis.

Keywords : Dermatofitose; Trichophyton tonsurans; Epidemiologia.

        · abstract in English     · text in Portuguese     · pdf in Portuguese