SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número4Influence of the temperature and humidity on the biology of Rhodnius neglectus Lent, 1954 in laboratory conditionsRadiographic features of pulmonary tuberculosis in patients infected by HIV: is there an objective indicator of co-infection? índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

MAGALHAES, Silvia Maria Meire et al. Múltiplos nódulos linfóides na medula óssea de paciente imunocompetente com infecção pelo citomegalovirus: uma análise imunohistoquímica. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2001, vol.34, n.4, pp. 365-368. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822001000400009.

Uma elevada prevalência de infecção pelo citomegalovírus (CMV) está documentada no Brasil. Em adultos imunocompetentes a infecção pelo CMV é, em geral, assintomática e, portanto, as alterações morfológicas e imunohistoquímicas na medula óssea têm sido raramente descritas. Relatamos o caso de um paciente previamente assintomático que desenvolveu febre de origem obscura. O diagnóstico de infecção aguda pelo CMV foi baseado em estudo sorológico. A tomografia computadorizada do tórax mostrou linfadenopatia mediastinal. A biópsia óssea revelou medula hipercelular com eosinofilia e grandes agregados linfóides mistos de células B e T. Apesar da positividade para bcl-2, a sua natureza reacional foi demostrada. A reação em cadeia da polimerase (PCR) e a imunohistoquímica não detectaram DNA viral nos cortes de medula óssea em parafina. Assim como em outros distúrbios sistêmicos, os nódulos linfóides no nosso caso parecem ser causados por mecanismos imunológicos, possivelmente relacionados a citoquinas liberadas em resposta ao processo infeccioso sistêmico.

Palabras llave : Citomegalovirus; Medula óssea; Nódulos linfóides.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés