SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número5Helminth eggs and protozoan cysts in sludge obtained by anaerobic digestion processTriatoma infestans in area under entomological surveillance for Chagas' disease in São Paulo State, Brazil índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

FIGUEIREDO, José Fernando de Castro et al. Sobrevida e processos infecciosos em pacientes com AIDS: análise de acordo com os níveis séricos iniciais de vitamina A. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2001, vol.34, n.5, pp. 429-435. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822001000500005.

Pacientes com Aids (n=39) foram acompanhados por um período máximo de 36 meses, após os quais se analisou os tipos e topografias das complicações infecciosas apresentadas e a sobrevida dos mesmos, correlacionado-se esses parâmetros com os níveis de vitamina A que apresentavam no início do seguimento clínico. Vinte e um (53,8%)pacientes tinham níveis de retinol no soro abaixo de 1,6mmol/L, dos quais 12 (57%) abaixo de 1,05mmol/L. Não houve associação de carência de vitamina A com os tipos ou topografias das complicações infecciosas que ocorreram durante o período de seguimento. Muito embora a sobrevida média no final dos 36 meses tenha sido semelhante nos dois grupos, os pacientes com carência de retinol apresentaram menor probabilidade de sobrevida nos primeiros 24 meses de acompanhamento (8,44 meses x 16,42 meses; p= 0,003).

Palabras llave : Aids; Vitamina A; Sobrevida; Infecções.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués