SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.34 número5Chagas' disease on urban population of the sanitarian district of Rio Verde, Mato Grosso do Sul State, BrazilDecline and social inequalities of infant mortality from diarrhea índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

BRAGA, Lúcia Libanez Bessa C. et al. Infecção pela Entamoeba histolytica and Entamoeba dispar detectada através de anticorpos monoclonais nas fezes em uma Comunidade Urbana em Fortaleza, Nordeste do Brazil. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2001, vol.34, n.5, pp. 467-471. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822001000500010.

Neste estudo, utilizamos testes de detecção antigênica baseada em ELISA que distinguem entre E. histolytica e E. dispar, para examinar a prevalência das infecções por E. histolytica em indivíduos de uma favela urbana em Fortaleza, no nordeste do Brasil. Esse teste possui sensibilidade e especificidade comparáveis às da PCR e da análise isoenzimática, que é o padrão ouro. Amostras simples de fezes foram obtidas de 735 indivíduos. A prevalência da infecção por E. histolytica foi de 14,9% (110/735) e de 25,4% (187/735) para o complexo E. dispar-E. histolytica. A faixa etária mais acometida por infecções com E. histolytica/E. histolytica-E. dispar foi a de 1-5 anos, mas não houve redução significativa com a idade. Não houve diferença significativa nas taxas de colonização entre homens e mulheres. Os resultados desta pesquisa mostram que E. histolytica é altamente prevalente na comunidade estudada. Alem disso, oferecem esperança para o uso do teste de detecção antigênica como um recurso sensível e tecnicamente simples para a detecção de infecção com E. histolytica no campo.

Palabras llave : E. histolytica; Complexo E. histolytica-E. dispar; Epidemiologia; Brasil.

        · resumen en Inglés     · texto en Inglés     · pdf en Inglés