SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.35 número2Influência da hidrocortisona no desenvolvimento do Schistosoma mansoni em Biomphalaria glabrataSíndrome da meningite asséptica por enterovírus e Leptospira sp em crianças de Salvador, Bahia índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

Links relacionados

Compartilhar


Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versão impressa ISSN 0037-8682versão On-line ISSN 1678-9849

Resumo

ASSIS, Sandra Breder; SOUTO, Francisco José Dutra; FONTES, Cor Jesus Fernandes  e  GASPAR, Ana Maria Coimbra. Prevalência da infecção pelos vírus das hepatites A e E em escolares de município da Amazônia Matogrossense. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2002, vol.35, n.2, pp.155-158. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822002000200005.

Avaliou-se a prevalência de anticorpos para as hepatites A e E em 487 crianças de 2 a 9 anos, de um município da Amazônia matogrossense. As prevalências de anti-VHA e anti-VHE foram 86,4% (IC95% 83 ¾ 89,3) e 4,5% (IC95% 2,9 ¾ 6,9) respectivamente. A prevalência de anti-VHA já se mostrou elevada desde as faixas etárias mais baixas, distribuição típica das regiões de alta endemicidade da doença. Não se constatou associação de prevalência de marcadores das hepatites A e E com gênero, classe sócio-econômica, escolaridade dos pais, condições higiênicas, número de moradores por residência, densidade de moradores por cômodo e entre as escolas estudadas. A prevalência de hepatite E foi baixa, semelhante às encontradas entre adultos em outras regiões do Brasil.

Palavras-chave : Hepatite A; Hepatite E; Epidemiologia; Amazônia Crianças.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · Português ( pdf )

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons