SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 issue2Identification and purification of immunogenic proteins from nonliving promastigote polyvalent Leishmania vaccine (Leishvacin®)Schistosomiasis in hyperendemic area of Taquarendi: I- Schistosoma mansoni infection and severe clinical forms author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

Print version ISSN 0037-8682

Abstract

CAMANDAROBA, Edson L.P. et al. Trypanosoma cruzi: suscetibilidade à quimioterapia com o benzonidazol de clones isolados da cepa Colombiana, altamente resistente. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2003, vol.36, n.2, pp. 201-209. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822003000200002.

A presente investigação visa avaliar a suscetibilidade ao benzonidazol de sete clones isolados da cepa Colombiana do Trypanosoma cruzi, protótipo do biodema III , altamente resistente aos quimioterápicos. Os clones préviamente obtidos apresentavam homogeneidade fenotípica e alta similaridade com a cepa parental. Oito grupos de 30 camundongos foram inoculados com cada um dos sete clones e a cepa parental;20 foram tratados com benzonidazol 100mg/kg/dia e 10 foram controles não tratados. A avaliação da cura foi feita por testes parasitológicos, sorológicos e o PCR. Os índices de cura variaram de 0%(nulo) a 16,7%. Correlação entre a positividade dos testes parasitológicos e sorológicos com a da PCR alcançou 37%. Os resultados demonstraram a alta resistência dos clones, sugerindo a predominância de um clone principal, muito resistente à quimioterapia nesta cepa. Isto indica que as possibilidades de cura de pacientes infectados com este biodema são mínimas, o que poderá interferir no controle da doença através do tratamento de individuos cronicamente infectados.

Keywords : Doença de Chagas; Trypanosoma cruzi; Clones; Quimioterapia; Resistência; Benzonidazol.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English