SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.38 número1Pulmonary histoplasmoma in Rio Grande do SulAmerican cutaneous leishmaniasis: phlebotomine transmission area in the Municipality of Uberlândia, MG índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Revista da Sociedade Brasileira de Medicina Tropical

versión impresa ISSN 0037-8682

Resumen

MORENO, Edna; QUEIROZ-ANDRADE, Marcony; LIRA-DA-SILVA, Rejâne Maria  y  TAVARES-NETO, José. Características clínicoepidemiológicas dos acidentes ofídicos em Rio Branco, Acre. Rev. Soc. Bras. Med. Trop. [online]. 2005, vol.38, n.1, pp. 15-21. ISSN 0037-8682.  http://dx.doi.org/10.1590/S0037-86822005000100004.

Com o objetivo de determinar o perfil clínico-epidemiológico dos acidentes ofídicos, em hospital do Estado do Acre, foram estudados prospectivamente 144 pacientes admitidos no período de janeiro a dezembro de 2002. Desses, 113 (78,5%) foram classificados como vítimas de acidente com envenenamento. Os gêneros Bothrops, Lachesis e Micrurus foram responsáveis por, respectivamente, 75,7%, 2,1% e 0,7% dos casos. Os acidentes predominaram em pessoas do sexo masculino (78,5%), trabalhadores rurais (51,4%) e com idades entre 10 e 29 anos (43,8%). Nos acidentes botrópicos, os envenenamentos considerados moderados (48,6%) prevaleceram sobre os leves (31,2%) e graves (20,2%). Dois casos envolvendo o gênero Bothrops não receberam terapia antipeçonha. Entretanto, soro heterólogo foi administrado em 23 vítimas de acidente sem envenenamento. Concluindo, os resultados obtidos neste estudo diferiram dos observados por outros autores quanto à gravidade dos casos e adequação do tratamento, indicando a necessidade de treinamento da equipe.

Palabras llave : Acidente ofídico; Envenenamento humano; Serpente; Acre.

        · resumen en Inglés     · texto en Portugués     · pdf en Portugués